Resenha: Primer Instamatte Bastão e Pó Translúcido Instamatte Roselelê da Quem Disse, Berenice?

Ontem testei dois produtos novos da Quem Disse, Berenice?: o primer em bastão e o pó translúcido com cor, ambos da Linha Instamatte. A linha começou com o primer tradicional, alguns anos atrás, que prometia pele seca e efeito blur (aquele efeito meio “borrado”, que ajuda a suavizar o aspecto da pele). Os lançamentos chegam com a mesma promessa de pele sem brilho e disfarce dos poros e imperfeições.

O primer instamatte original eu já havia testado há um tempo. Até onde eu sei, não rolou modificação na fórmula, então, não tive muito interesse em testar novamente. Não foi um primer que eu curti muito. Ele parecia ser muito siliconado e líquido, e na minha pele – muito oleosa – nunca ficou nem perto de sequinho. Mas, né, quis dar aquela chance pra esses produtos novos.

Ontem, preparei minha pele com água micelar e hidratante, como tenho feito nas últimas semanas. Esperei assentar uns minutos, enquanto me vestia, e passei o primer em bastão instamatte. Apliquei passando o bastão direto na pele, que é como mandam as instruções de uso. Aí já fiz uma nota mental de um detalhe: senti que essa aplicação gastou muito produto. O bastão tem 5g. Acredito que, fazendo uso diário, o primer não duraria um mês. Não uso maquiagem diariamente, mas já sinto que vai acabar bem rápido.

A promessa é de pele sequinha logo após a aplicação; isso não funcionou pra mim. O que não é o fim do mundo, pois quase nenhum produto consegue essa proeza. Depois de uns dois minutos, senti que o primer já havia assentado e o aspecto da pele estava mesmo mais uniformizado. Não é nenhum milagre, mas o primer em bastão instamatte ajuda na uniformização do tom da pele, na suavização de cicatrizes e no disfarce dos poros. É uma diferença bem pequena, que pode ser melhor visualizada após a aplicação da base. O aspecto geral  é de pele mais lisinha mesmo.

Usei a base líquida superfluida, também da Quem Disse, Berenice?, por cima do primer e antes do pó solto. Até pouco tempo atrás, eu usava o pó translúcido tradicional (branquinho/transparente) da marca. Era um dos meus preferidos, e até procurei no site… mas não tenho certeza se foi descontinuado. O novo pó solto é o pó translúcido instamatte. Pode ser comprado nas cores roselelê (para peles claras) e amarelê (para peles morenas e negras). O meu é o roselelê. Realmente, a cor dele é rosa. Chamo atenção pra esse detalhe porque me surpreendeu como o rosa dele parecia até um blush solto clarinho.

Gostei muito que a “peneirinha” da tampa pode ser girada no sentido horário e anti-horário para abrir e fechar, respectivamente, a saída do pó. Isso é ótimo pra evitar aqueles acidentes de tirar a tampinha externa e cair metade do produto no chão ou na roupa. Como meu pó anterior da marca, achei esse bem fino e fácil de espalhar. O que me incomodou mesmo foi a cor.

Fui aplicando o pó bem aos poucos; nada de usar grandes quantidades em uma só área. Usei o mínimo necessário pra selar a base. No nariz (e na lateral) e nas bochechas, eu carreguei um pouco mais, pois é onde minha pele concentra mais óleo e faz sair a base. Como o pó é rosado, minha pele ficou com um tom pink, como se eu tivesse passado um blush clarinho. Não senti tanta necessidade de passar blush pra finalizar a maquiagem – e nem passei mesmo. Imagino que se você está fazendo uma maquiagem pra noiva, maquiagem pra formatura, ou um look noturno que você queira fazer com mais “precisão”, o pó rosado não vai ornar muito bem. E eu amava pó translúcido exatamente por não alterar a cor da make. Não curti muito esse efeito. :(

As fotos abaixo foram feitas umas três horas e meia depois da aplicação do primer e do pó translúcido. A iluminação não tá das melhores, mas acho que dá pra ver que a pele aguentou até ok essas três horinhas.

Preciso usar mais algumas vezes pra ter uma opinião final. Mas, por enquanto, não achei nada de outro mundo ou inovador. Nada que outros primers ou pós translúcidos mais baratos também não consigam fazer.

Comprei o Primer Instamatte Bastão e o Pó Translúcido Instamatte Roselelê na pré venda do Clube das Berês. Na promoção, cada um saiu por R$39,90.

A seguir, a lista com todos os produtos da Linha Instamatte e seus respectivos preços!

Primer Instamatte 30g – R$53,90

Primer Bastão Instamatte 5g – R$49,90

Pó Translúcido Compacto Instamatte – R$ 55,90

Pó Translúcido Solto Instamatte – R$ 55,90

xoxo

Resenha: Base Ruby Rose

Não lembro exatamente quando as maquiagens baratas viraram tendência. Sei que, de uns tempos pra cá, Luisance, Jasmyne, Ruby Rose, Belle Angel e semelhantes começaram a aparecer nas pautas das youtubers/influenciadoras. Muita gente passou a descobrir os produtos bons, bonitos e baratos que essas marcas têm a oferecer.

Um dos itens mais desejados é a Base Líquida Matte da Ruby Rose; ela promete cobertura alta, acabamento seco e fácil aplicação. O preço costuma variar entre R$11 e R$20, e é esse o principal atrativo dessa base.

A minha cor é a mais clara – L1 – dos dez tons existentes. Nunca cheguei a ver pessoalmente todas as cores, então não sei se a variedade de tons e subtons é realmente interessante. Porém, a cor L1 deu muito certo na minha pele. É uma das bases mais claras que eu já encontrei. A embalagem transparante facilita na hora de reconhecer qual seria sua cor ideal.

Apesar de ser líquida, não a achei muito fácil de aplicar: ela seca extremamente rápido.  Testei por diversos meses, aplicando com pincéis e com os dedos; pra mim, funcionou melhor com os dedos e passando a base em um lado do rosto de cada vez. A cobertura é alta e o acabamento é matte MESMO. Não vi necessidade nenhuma de usar corretivo nas espinhas e olheiras ou selar no final com pó. A característica de secagem rápida eu não considero tão boa, pois na hora de construir camadas pode ser complicado aplicar sem retirar o produto que está por baixo.

A durabilidade dela é bem interessante. Por ter um acabamento seco, ela consegue segurar minha oleosidade por muito tempo, mesmo sem a ajuda do corretivo e pó. Um dia útil inteiro e ela segue lá. Acredito que essa “secura” toda possa ser muito ruim pra quem tem pele mista ou seca. Com certeza, realça linhas de expressão e deixa um aspecto craquelado.

As fotos a seguir estão sem nenhum tipo de edição, blur ou efeito de embelezamento de câmera. Basta clicar em cima da imagem para vê-la em tamanho real. A quarta foto, com iluminação um pouco diferente, foi tirada uma hora e tanto após a aplicação da make.

No geral, gostei da base. Comprei no site por R$14,68 há algum tempo. Ela assenta bem na minha pele, cobre minha acne, minhas olheiras e cicatrizes… segura minha oleosidade, não resseca meu rosto e nem me dá alergia. O cheiro não me incomoda e não senti que transfere. Mas aí, queria deixar aqui um alerta MUITO IMPORTANTE. A base da Ruby Rose é indicada por muitas blogueiras. Tem gente que a compara com as melhores marcas internacionais. Porém, acho válido lembrar que cada pele reage de uma forma. Estou destacando isso nessa resenha, em específico, porque MUITA GENTE TEVE REAÇÕES SÉRIAS COM O USO DESSA BASE. Houve muitos relatos de pessoas que, logo após o uso, tiveram surtos sérios de acne. É importante que todos saibam que reações adversas e alergias são uma possibilidade.

Retirar SEMPRE toda a maquiagem após o uso também é um passo que não pode ser ignorado!

xoxo