Resenha Duo de Blush Mahav: maquiagem barata e boa?

Quem não gosta de uma maquiagem BBB? Produto bom, bonito e barato tem aqui!

Testei o Duo De Blush Mahav Ameixa/Pêssego Rosado e agora conto pra vocês o que eu achei!

https://cheiadevicios.com/2019/05/17/resenha:-duo-de-blush-mahav-maquiagem-barata-boa/

Se tem uma coisa que eu AMO é encontrar maquiagem legal, cruelty-free, bonita e barata. Em uma das minhas idas à 25 de março, vi esse duo de blush da Mahav mega baratinho e trouxe pra casa pra experimentar. Já tinha ouvido falar muito bem da marca, então até tinha uma expectativa pra como ele ia funcionar. Vamo lá saber mais dele:

Cores

A Mahav tem quatro versões desse duo de blush: cada uma traz duas cores que podem ser utilizadas juntas ou separadas. A que eu comprei pra testar é a cor 03 Ameixa/Pêssego Rosado. Nesse meu duo, os dois tons são opacos.

01 – Cobre (cintilante)/Bronze (cintilante)
02 – Cookie (cintilante)/Pêssego (opaco)
03 – Ameixa (opaco)/Pêssego Rosado (opaco)
04 – Cappuccino (cintilante)/Cookie (cintilante)

Aplicação e Durabilidade

A pigmentação desse blush é incrível. Preciso ter cuidado na hora de aplicar porque, como sou muito branca, é fácil ficar mais exagerado do que eu gosto. Recomendo ir passando aos pouquinhos, com um pincel de blush mais fofo, pra construir um efeito que seja do seu agrado. Gostei também que ele quase não esfarela e é fácil de esfumar.

Considero a durabilidade dele boa. Mesmo com minha oleosidade, a pigmentação continua durante umas horinhas. Não é um produto que vai ficar o dia todo impecável na pele, mas é digno. Na hora de tirar, sai fácil com demaquilante ou sabonete pro rosto.

Preço

Os produtos da Mahav têm um preço muito bom. São acessíveis e entregam uma qualidade pelo investimento. Em média, esse duo de blush custa R$10. Claro que varia de acordo com a cidade/região, mas uma das minhas dicas é o site da Maquiadoro: eles entregam pra todo o Brasil e vive tendo promoção!

Além de usar como blush mesmo, já usei esse produto como sombra e adorei! No geral, é uma alternativa boa, barata e fácil de achar aqui em São Paulo (ou na internet). Tá aprovado!

Pra ficar por dentro de todas as novidades e produtos que estou testando, me segue lá no instagram! @thaischeiadevicios

xoxo

Anúncios

Como usar o corretivo verde? Para que serve o corretivo salmão?

Vem saber as funções e como usar os corretivos coloridos.

Confira para que sevem os corretivos com cor e tire suas dúvidas!

https://cheiadevicios.com/2018/10/09/como-usar-o-corretivo-verde-para-que-serve-o-corretivo-salmao

Uma dúvida bem comum entre quem quer entender mais sobre maquiagem para iniciantes é a utilização dos corretivos coloridos. Então, vamo lá fazer um resumão com as informações mais importantes!

CORRETIVO VERDE

O corretivo verde é usado principalmente para isso: disfarçar espinhas e pontos de vermelhidão. Ele também é ótimo para quem tem a lateralzinha do nariz avermelhada e quem tem rosácea. Esse foi o primeiro tipo de corretivo com cor que eu descobri!

CORRETIVO AMARELO

É o corretivo indicado para quem tem olheiras profundas e arroxeadas que não são amenizadas pelo corretivo tradicional. Funcionam melhor em tons de pele claros e médios. Hematomas roxos também podem ser suavizados com esse corretivo.

CORRETIVO SALMÃO

Como o corretivo amarelo, o corretivo salmão cobre bem manchas azuladas ou mais roxas. A diferença é que eles são os mais indicados para tons de pele mais escuros. Também ajudam a iluminar alguns tons de pele negra.

CORRETIVO LILÁS

Pessoas com melasma, manchas de hiperpigmentação e sardas podem se beneficiar do corretivo lilás. Ele ameniza muito manchas de tom amarelado em todos os tipos de pele.

Esses quatro são os corretivos coloridos mais comum e com maior variedade de aplicação. MAS ATENÇÃO ÀS DICAS ABAIXO!

  • O corretivo colorido, em qualquer cor, deve ser aplicado ANTES da sua base/corretivo tradicional.
  • Nunca utilize corretivos coloridos sem cobrir bem com um produto da sua cor. Ninguém quer ficar parecendo um alienígena fofinho.
  • Comece aplicando sempre pequenas quantidades com uma esponja macia, pincel específico para corretivo ou com o dedo anelar (em batidinhas).
  • Caso precise de uma cobertura maior, crie camadas! Sempre pegando o produto aos pouquinhos.
  • Treine a aplicação do corretivo colorido com calma e faça fotos em várias luzes diferentes: natural, artificial, quente, fria. Continue até conseguir um resultado que fique bom para você!

DICA DE CORRETIVOS COLORIDOS BONS E BARATOS

  1. Corretivo Facial Líquido Colorido de Alta Cobertura JasmyneR$10
  2. Corretivo Líquido Colorido Ruby RoseR$13,99
  3. Corretivo Colorido Facial Tracta Matte – em média R$20
  4. Corretivo Colorido Quem Disse, Berenice?R$39,90

Deu para entender tudo? Qualquer dúvida, estou a disposição para responder todos os comentários! Também posso tirar dúvidas pelo Instagram! Segue lá: @thaischeiadevicios

xoxo

LEIA TAMBÉM: https://cheiadevicios.com/2018/07/11/resenha-corretivo-concealer-contour-ruby-rose/

Resenha: Base Fluida Vult

Toque Aveludado e Disfarce Óptico

Essas são as principais promessas da Base Fluida Vult.

https://cheiadevicios.com/2018/09/11/resenha-base-fluida-vult

A base fluida da Vult apareceu pela primeira vez na Beauty Fair do ano passado; não sei porque, a venda dela só começou de fato uns meses atrás. No geral, acho as bases fluidas muito interessantes: elas costumam  ser fáceis de aplicar e com cobertura legal pro dia a dia.

Já fiz resenha da base fluida da Quem Disse, Berenice e da base em gotas da Nyx. Vou deixar aqui em baixo os links!

Base SuperFluida Quem Disse, Berenice:

Base Nyx Total Control:

Vamo lá falar sobre a base da vult?

Começando pelas promessas da marca:

Fórmula ultrafluida que em contato com a pele oferece uma incrível sensação de leveza e toque aveludado. Proporciona um acabamento natural, cobertura leve, uniforme e efeito matte. Contém microesferas que proporcionam o disfarce óptico de linhas finas da pele. Enriquecida com um complexo de extratos naturais, auxilia na prevenção do envelhecimento e na hidratação da pele. Sua embalagem com aplicador em conta-gotas oferece praticidade e precisão, sem desperdícios. Aplique com movimentos ascendentes (de baixo para cima) e de dentro para fora, por todo o rosto. Para deixar sua pele com aparência aveludada e natural experimente a aplicação da Base Fluida com o nosso Pincel Duo Fiber #11. Em seguida finalize com o Pó Compacto Vult. Agite antes de usar.

Embalagem e Variedade de Cores:

A base fluida da Vult vem em uma embalagem com conta gotas e 20ml de produto. A embalagem é toda preta e não há nenhuma indicação da cor no rótulo. Não gosto quando as marcas fazem assim, pois torna mais fácil a gente pegar o número errado na prateleira e com certeza dificulta a vida de quem trabalha maquiando e tem a base em várias cores diferentes. Como a base é realmente muito fluida, considero o conta gotas a maneira ideal de dosar a quantidade de produto que você vai usar (evitar desperdício é sempre muito bom).

A Vult oferece 8 cores dessa base fluida. Considerando que a Vult é uma marca grande (que agora faz parte do mega grupo do Boticário), eles podiam demais começar a trabalhar com uma gama maior de tons. A numeração também poderia melhorar: eles designaram números de 01 a 08 pra esse produto, mas a 01 não é a cor mais clara (a mais clara é a cor 02, a que eu comprei). Se eu tivesse comprado a base online, sem dúvidas teria feito uma compra errada. Não sei dizer muito sobre a variação de subtons, porque só vi ao vivo as cores 01 e 02 mesmo.

Aplicação, Textura e Cobertura:

Essa é uma base muito fácil de espalhar. Dependendo do pincel e da quantidade utilizada, é mais difícil dar um acabamento bonito, sem as linhas marcadas do pincel. Ela acumula nas minhas linhas finas, mas nada que umas batidinhas não resolva. Minha forma preferida de espalhar é com os dedos mesmo.

É um produto bem líquido e leve, que possibilita no máximo uma cobertura média. Se você gosta ou sente que precisa de uma maquiagem reboco, provavelmente essa não é uma base que você vai gostar. Pra mim, a cobertura dela é ótima pro dia a dia. Cobre manchinhas, ajuda a uniformizar a pele e dá uma leve camuflada em espinhas inflamadas.

  • Não senti que houve melhora ou piora da minha oleosidade ou da minha acne com o uso dessa base.
  • Não é uma base à prova d’água e não estoura no flash.
  • Agitar a base antes de usar é mega importante pra você conseguir um efeito legal.
  • A base oxida muito levemente depois de seca.

Durabilidade:

Já falei aqui algumas vezes, mas acho importante lembrar: minha pele é ultra oleosa, com poros abertos e regiões com descamação. Uma bagunça só. Quase sempre, uso um pó translúcido pra assentar a base.

Todas as bases que eu já testei – das mais caras às mais baratas – abriram (saíram) em algumas regiões específicas do meu rosto: em cima do nariz (onde o óculos fica apoiado) e dos lados e na ponta do nariz (essa parte da minha pele é extra oleosa e ao mesmo tempo descamada, sem contar que rola muito atrito por causa da minha rinite: tô sempre espirrando e coçando o nariz). Com essa base não foi diferente. Selando com pó ou não, a base saiu nessas áreas.

O aspecto aveludado dura, no máximo, uma hora e pouco na minha pele. Mas a cobertura e a uniformização tem uma duração de umas 5 horas. Se eu estivesse trabalhando fora de casa e usasse essa base no dia a dia, com certeza teria que dar uma ajeitada ali no meio da tarde.

As fotos abaixo são depois de umas 3 horas da aplicação da base (clica em cima pra ver em tamanho maior!)

Preço e Facilidade de Compra:

Bom, os preços dos produtos da Vult são sempre bem confusos. No site oficial da marca (que tem e-commerce), o preço é R$29,90; no site da Maquiadoro é R$35,90; e R$30,18 no site da Época Cosméticos. Tenho quase certeza que paguei no máximo uns R$20 na minha (comprei em um quiosque da Vult). Na minha experiência, R$30 é um valor aceitável pro desempenho dessa base.

Aqui em São Paulo, acho ela com muita facilidade. Não sei se é assim em toda cidade.

Mesmo com minha curiosidade de testar milhões de bases (eu tendo que comprar todas), acho que essa é uma base que eu compraria novamente. Ela e a base da Adversa Makeup são as minhas duas bases preferidas do momento.

(Resenha Base Adversa Makeup: https://cheiadevicios.com/2018/08/17/resenha-base-liquida-matte-adversa-makup/)

Por enquanto, não tenho nenhuma base nova pra testar. Só vou comprar alguma base nova quando as novidades da Beauty Fair começarem a ser vendidas. As próximas resenhas serão de pós e corretivos.

Resenhas de batons, sombras e iluminadores eu costumo fazer só no Instagram! Segue lá pra nunca perder nada! @ThaisCheiaDeVicios.

 

xoxo

Base na cor errada? Tem como consertar! 

Assumo que nunca aprendi a comprar a cor certa de base ou corretivo. Minha mãe constantemente me pede dicas de como acertar o tom, mas mesmo já tendo lido várias vezes sobre, não sei responder bem. A dica de comprar uma base no tom do pescoço não dá certo pra mim. Meu pescoço deve ser um tom acima de “transparente”, por isso acabo sempre pegando a cor mais clara de toda base ou corretivo.

Às vezes, mesmo essa cor mais clara fica escura pra mim. Antes, eu só sentava e chorava (brincadeira, claro) e usava o produto de qualquer jeito. Aí eu descobri que existem produtos pra adaptar o tom da base. Lá na gringa, a The Body Shop tem as Shade Adjusting Drops; por aqui, começaram a aparecer produtos semelhantes há pouco tempo.

A Dalla Makeup, por exemplo, lançou um duo de produtos assim. Além da treta de se recusar a dar informações aos consumidores (você pode ler meu texto aqui), também teve muita reclamação pelo fato de o fluido pra escurecer a base ser claro demais. Quer dizer, consumidores negros já têm uma dificuldade enorme de achar bases e corretivos com tons e subtons úteis; aí ainda vai a marca e lança um produto que praticamente não ajuda em nada. Mas, enfim. Esse post não é sobre isso. Esse post é sobre como não desperdiçar aquela maquiagem que você já comprou.

Como eu faço? Eu misturo. Eu misturo base com base, base com corretivo, corretivo com corretivo. Muda a textura da base? Sim. Muda o acabamento da base? Também. Mas pelo menos me permite utilizar uma gama muito maior de produtos. Os corretivos brancos são os que eu mais uso. Tem gente que usa pra iluminar ou disfarçar (como é feito com os corretivos coloridos), mas eu uso misturando no produto que eu quero mudar a cor.

O primeiro que eu testei foi o Corretivo Branco Bruna Tavares. Ele é um corretivo mate, de secagem rápida e textura bem seca. Uso ele com bases de alta cobertura e efeito também mate. Caso eu queira clarear uma base mais fluida, incluo na mistura um hidratante (pra ajudar a diluir o corretivo). Ele custa entre R$30 e R$40 nas lojas online de maquiagem. Comigo, ele não rendeu muito. Também a embalagem não é das mais práticas se você quer usar o produto em misturinhas.

Recentemente, conheci o Corretivo Branco da marca Jasmyne. O preço é bem mais amigável (você encontra por R$10-15) e, por vir em uma embalagem em bisnaga, achei que o rendimento dele foi superior. Ele é tão denso quanto o corretivo da BT, também tem secagem rápida e acabamento matte.

Como nunca usei esses produtos isoladamente, sem misturar com alguma outra base ou corretivo, não sei muito da durabilidade deles em si. A base que mais uso misturando com o corretivo branco é a base mate HD da Vult. A duração dessa base na minha pele é absurda (testei sem clarear, só pra ficar em casa) e senti que os corretivos potencializaram isso.

Além dos produtos da Bruna Tavares e da Jasmyne, vi que também existe um corretivo branco da Ruby Rose. Só que ele vem numa daquelas paletas de corretivos cremosos. Já testei e resenhei uma dessas paletas (basta clicar aqui pra ler) e não achei que deu muito certo na minha pele. Não vejo muita vantagem também porque só um dos quadradinhos da paleta seria útil pra mim. Pra quem for fazer uso dela profissionalmente talvez seja muito mais interessante.

E, por hoje, é só!

Dúvidas, reclamações ou sugestões? Deixa nos comentários ou fala comigo lá no instagram (@thaischeiadevicios)! Vou ficar muito feliz em responder! <3

xoxo