Resenha: Corretivo Concealer Contour Ruby Rose

(Corretivo Concealer Contour 6 Cores Profissional  – HB-8089)

O Corretivo Concealer Contour é uma paleta de corretivos da Ruby Rose com tons que servem pra contornar, corrigir e camuflar a pele. A diferença dessa paleta pra outras da marca é exatamente a presença dos tons utilizados para neutralizar áreas “problemáticas” do rosto.

São seis cores; infelizmente, nenhuma das 6 cores dá muito certo no meu tom de pele. Ok que nenhum dos corretivos da paleta é pra servir como um corretivo tradicional, mas esperava que eles ornassem um pouco melhor.

A cor mais escura é a que deve ser utilizada para contornar o rosto. É um marrom bem suave, então só serve como contorno mesmo pra quem tem a pele clara. Acho que se ele fosse um pouco mais frio, eu teria gostado bastante.

O corretivo verde serve pra camuflar pontos avermelhados na pele, sejam eles espinhas, cicatrizes ou vasinhos.

O tom roxo neutraliza manchas da pele que são amarronzadas, amareladas ou alaranjadas. Também é usado pra camuflar pontos de inflamados.

Além desses, temos mais três corretivos coloridos: o amarelo, o laranja e o salmão. Os três são utilizados para a correção de olheiras. O amarelo funciona em olheiras arroxeadas (e hematomas); o laranja cobre olheiras mais profundas, mais puxadas pra cor marrom; o salmão funciona de forma semelhante ao laranja, porém em olheiras azuladas.

 

Nessa maquiagem, usei o corretivo amarelo pra iluminar, o mais escuro pra sombrear (contorno), o rosado (salmão) usei como blush e o mais claro usei no resto do rosto.

Todos são bem cremosos/oleosos e não secam completamente. Sem selar com pó, não duram dois segundos na minha pele mega oleosa. E mesmo selando, senti que ainda transfere um pouco.

Não achei fácil de espalhar pra criar um efeito legal, mas com paciência se resolve. Selei com o pó 01 da Dalla Makeup e gostei muito do resultado. Segurou minha oleosidade por umas cinco horas (mas vale ressaltar que o clima aqui tá friozinho e eu só trabalhei sentada no dia).

Apesar de custar menos de vinte reais (o preço no site da RR é R$18,97), achei trabalhoso de usar, então não compraria novamente. Acredito que os corretivos coloridos da Ruby Rose em bisnaga funcionam melhor. E aí, você compra na cor que você costuma usar (eu, por exemplo, uso mais corretivos verdes, pra anular a vermelhidão das minhas espinhas), sem precisar comprar uma paleta inteira.

Os corretivos em bisnaga da RR também criam uma cobertura mais alta e mais duradoura (tenho um bem escuro que uso como contorno. Já tem resenha aqui.)

Vocês já conheciam esse produto? O que acharam?

Se você quiser uma resenha de um produto específico – da Ruby Rose ou de qualquer outra marca – me avisa no Instagram e eu vou atrás de testar! <3 Segue lá: @blogcheiadevicios!

xoxo

Anúncios

Círculo cromático: como combinar cores na maquiagem

Vocês já ouviram falar em círculo cromático? Seguinte: o círculo cromático é uma representação das cores que nosso olho consegue perceber. Também chamado de disco cromático ou roda das cores, ele é tradicionalmente composto por 12 cores: 3 primárias, 3 secundárias (formadas pela mistura das primárias) e 6 terciárias, criadas pelas misturas das primárias com as secundárias. Basicamente, são várias cores, uma do lado da outra, que servem como ferramenta para orientar a combinação de tons na arte, na moda, na maquiagem, na colorimetria de cabelos, etc.

 

O uso da roda das cores na maquiagem pode ter vários intuitos. Um dos mais conhecidos e utilizados é o da neutralização de tons. Você já deve ter usado um corretivo verde para disfarçar espinhas ou áreas com vermelhidão, ou um corretivo salmão para cobrir olheiras roxas e escuras. Essas cores são cores complementares: ficam de lados opostos do círculo cromático e, ao serem misturadas, resultam em um tom neutro. Quando utilizadas lado a lado, essas cores criam contraste.

São três combinações básicas que você pode fazer utilizando o disco cromático. A primeira é a combinação complementar: é o caso dos corretivos já falado acima. Se você quer destaque, use as cores complementares sem misturá-las. (Obs: clique nos círculos para ver a imagem em tamanho real.)

 

Outra combinação é a combinação análoga. Você escolhe um tom principal, que será o predominante, e combina com a cor à sua esquerda ou à sua direita. Essa é uma boa forma de montar maquiagens (e looks) no estilo monocromático e tom sobre tom.

 

Por último, temos a combinação triádica: combinam-se três cores separadas pela mesma distância na forma de um triângulo no disco cromático. Esse combo cria um maior contraste e pode ser usado em maquiagens “statement”,  com destaque para uma área específica (por exemplo, olhos).

 

Maquiagem, como a arte, não tem regras. A gente pode combinar as cores que a gente quiser, do jeito que a gente se sentir bem. O círculo cromático é apenas uma ferramenta pra quem estiver procurando looks e makes mais harmoniosos! O importante é se divertir.

xoxo