Como cuidar da tatuagem: 4 dicas para sua pele!

Alguns aspectos da sua rotina exigem atenção especial quando você faz uma tatuagem nova.

A seguir, confira quatro dicas básicas porém essenciais para garantir que sua tattoo permaneça linda e sua pele bem cuidada.

https://cheiadevicios.com/2019/09/16/como-cuidar-da-tatuagem-4-dicas-para-sua-pele/

Antes de a gente falar sobre o que você deve passar ou não na tatuagem, vamos lembrar que conselho de blog nenhum substitui a orientação profissional, ok? Se você tem algum problema de pele, converse com seu dermatologista antes mesmo de fazer a tatuagem. Converse sobre isso também com o tatuador ou tatuadora que vai rabiscar sua pele.

Em alguns casos, pode ser que a tatuagem não seja a melhor opção para você. Apenas pessoas capacitadas devem orientar neste sentido, hein!

Tirado isso do caminho, muita gente se pergunta: mas como eu faço pra cuidar da minha tatuagem nova? Existem cuidados específicos na cicatrização?

  • Higiene

Pode parecer bobeira de falar, mas a melhor dica para o momento depois de fazer sua tatuagem é a higienização com água e sabão (ou sabonete neutro). Sua pele acabou de passar por um processo de dano e é de extrema importância manter o local limpo para afastar o perigo de infecções.

  • Sol

Outro consenso em relação às tatuagens: você não deve pegar sol durante a cicatrização! Os raios UV já são muito nocivos para a pele normal, imagina com essa espécie de ferimento? Nos primeiros dias, também não é indicado passar protetor solar diretamente na tattoo. O negócio é, realmente, evitar a exposição solar direta. Cubra a área com roupas ou use bonés, dependendo da localização.

“O protetor solar só é indicado após a cicatrização completa da tatuagem, o que dura cerca de 30 a 40 dias. Antes disso, é recomendado não usá-lo, nem ir à praia ou fazer algum tipo de bronzeamento artificial.”

  • Casquinhas

O aparecimento das casquinhas em cima da tatuagem é normal. Faz parte do processo de cicatrização da pele. Às vezes, isso é acompanhado por bastante prurido (coceira) no local. Não retire essas casquinhas e evite ao máximo coçar sua tattoo.

  • Cremes antibactericidas

O uso de pomadas ou cremes anti-inflamatórios nunca deve ocorrer sem prescrição médica. A ação anti-inflamatória pode atrapalhar o processo natural de cicatrização e afetar o visual da tatuagem.

No entanto, hidratar a pele é essencial. Evite utilizar grandes quantidades de produtos e prefira algo mais leve como o pantenol (bepantol, bepantriz, dexpantenol). Esse cuidado deve ser mantido por muito tempo!

Em casos de tatuagens maiores, que cobrem uma área significante da pele e exigem mais esforços do corpo na recuperação, podem ser indicados cuidados inclusive com a alimentação. Tire a dúvida com seu tatuador!

E após a cicatrização?

Após um ou dois meses, sua tatuagem deverá estar cicatrizada. Mas certos cuidados com a pele devem ser mantidos de forma constante para especialmente para assegurar que o desenho da tattoo continue bem definido e a cor se mantenha por mais tempo.

Alguns cuidados importantes incluem:

Passar um creme hidratante todos os dias;

Passar protetor solar sempre que a pele tatuada precisar ser exposta ao sol;

Evitar pancadas ou cortes na região da tatuagem;

Beber cerca de 2 litros de água por dia.

Dúvidas ou sugestões? Pode deixar aqui nos comentários ou me mandar mensagem no Instagram! Por lá tem dicas de skincare praticamente todo dia, pode ir seguindo: @thaischeiadevicios.

xoxo

Anúncios

Protetor Solar Físico ou Químico? Qual a diferença?

A gente já sabe que o uso diário de filtro solar é um passo indispensável na rotina de cuidados com a pele. Mas como escolher o protetor ideal?

Aqui estão reunidas as principais informações sobre os diferentes tipos de proteção solar para te ajudar a comprar o melhor para sua pele!

https://cheiadevicios.com/2019/05/08/protetor-solar-fisico-ou-quimico?-qual-a-diferenca?/

Você usa protetor solar diariamente? Se não, já pode começar! Além de proteger contra os raios solares nocivos, causadores do câncer de pele, o filtro solar contribui para a atenuação de manchas de pele e combate o envelhecimento precoce.

E agora que lembramos a importância do uso do protetor solar, levantamos outra questão: você sabia que existem filtros solares físicos e químicos? Pois é! São fórmulas diferentes, cada um com sua forma de ação.

Qual é aquele protetor que mais vende na farmácia?

Os filtros solares mais comuns são os químicos. São os mais populares e mais fáceis de serem encontrados. Eles levam, em sua composição, moléculas capazes de absorver os raios UV e transformá-los em uma radiação não nociva para a pele.

No geral, os protetores solares químicos são mais leves, mais fáceis de espalhar e mais imperceptíveis. Podem ser utilizados por quem tem pele oleosa, mista, seca, clara, escura… O que não falta no mercado são produtos com diferentes formulações, preços e acabamentos. Por causa da minha pele oleosa e com acne, eu sempre escolho os filtros solares com toque seco. Também costumo usar fatores de proteção mais altos, já que tenho a pele muito clara.

Como os protetores físicos funcionam?

O protetor solar físico leva em sua composição o óxido de zinco e/ou o dióxido de titânio. Eles não reagem com a pele: sua ação se dá pela formação de uma camada protetora que reflete os raios ultravioleta.

Esse tipo de filtro forma uma barreira física, sem que seus componentes penetrem na pele. Por isso, e por serem compostos mais naturais, os filtros físicos são mais indicados para quem tem pele sensível, alérgicos, grávidas e crianças. A probabilidade de reações alérgicas é muito menor com esse bloqueador solar.

Por não serem tão comuns quanto os protetores químicos, eles costumam ter valor mais elevado. Mas é um bom investimento se você tem doenças de pele, por exemplo. Também são muito indicados para atletas e pessoas que encaram exposição solar intensa, já que não precisam ser reaplicados com a mesma frequência que os químicos.

O ideal é consultar um médico dermatologista para orientar quais são as reais necessidades da sua pele.

Alguns detalhes importantes para você prestar atenção:

  • Os protetores solares físicos precisam ser retirados com o auxílio de óleos ou outros produtos específicos; a barreira física criada por eles pode causar acne caso não seja propriamente removida.
  • Independente do filtro solar escolhido, seu uso contínuo e regular é o que garante a proteção.
  • Cuidado com o terrorismo criado em torno de produtos cosméticos! Ainda vou falar disso por aqui, mas não canso de dizer que a opinião de uma blogueira ou influencer não pode ser substituída por orientação profissional qualificada.

Vou lançar essa semana uma lista com os protetores solares que eu já testei e se deram muito bem com minha pele. Para não perder nenhum conteúdo, podem se inscrever para seguir o blog pelo e-mail e me acompanhar no instagram (@thaischeiadevicios)! Tô sempre por lá com novidades e resenhas.

xoxo