Resenha: Pó Amarelinho Marina Smith

Pó compacto e fininho para assentar o corretivo

Só quem é do time “dá pra fritar um ovo na minha cara de tanta oleosidade” entende como um pó ajuda a fazer uns milagres

https://cheiadevicios.com/2018/10/16/resenha-po-amarelinho-marina-smith

Por isso, sempre que posso estou aqui falando dos pós (compactos ou soltos) que eu uso no dia a dia. Já comentei sobre o pó solto da Luisance e agora trago pra vocês o Amarelinho, da linha da Marina Smith.

Sobre a marca:

“Marina Smith é dona do 2Beauty, um dos primeiros grandes blogs de maquiagem do Brasil. A paixão por cosméticos é tanta que ela juntou forças com uma pessoa mais que especial: sua mãe, que é farmacêutica, transforma em realidade os desejos de beleza da Marina. Juntas elas criaram uma diversa linha de cosméticos e maquiagem de alta qualidade, que começou de forma artesanal e customizada e hoje é usada por milhares de fãs de beleza pelo país inteiro.”

Sobre o produto:

“Inspirado no best seller “Amarelão”, o Amarelinho é ideal para peles claras a médias. O pó serve para potencializar a fixação do corretivo, dando um ar levemente mais iluminado à área dos olhos, e conservar o corretivo por mais tempo prolongando seu efeito. Com acabamento matte e cobertura leve, ele também pode ser usado para fazer o efeito de luz dos contornos do rosto (caso o tom do Amarelinho seja mais claro do que a cor natural da sua pele).

A aplicação pode ser feita com esponja, com pincel de sombra e até com pincel de blush (se ele não for muito grande). Você passa o corretivo, aplica uma camada do Amarelinho sobre ele, esfuma e pronto! 

Se quiser saber mais…

– O Amarelinho fica mais natural em meninas com pele de cor clara à média.

Nas peles morenas e negras, o produto pode dar um ar acinzentado ao corretivo e é por isso que o Amarelão já foi lançado – ele é o Amarelinho mais escuro

O Amarelinho é um pó claro com fundo amarelado, cor ideal para as olheiras mais arroxeadas”

Como a descrição do site da Sephora diz, esse pó foi pensado exatamente pra selar o corretivo: evita acúmulo de produto e transferência, ajuda a iluminar a região e faz o corretivo ficar mais tempo no lugar.  Amarelinho é indicado pra peles claras e o Amarelão pra peles morenas/negras (os dois têm a mesma proposta).

O que eu achei?

Quis testar esse pó porque ele é dupe de um pó especial para corretivo da Bobbi Brown. É um produto mega famosinho e que está no mercado há bastante tempo. Como nunca testei o primo mais rico, não posso comparar né (kkkkk).

O Amarelinho é realmente bem fino, leve, de textura macia e sem grandes dificuldades para espalhar. Ele sela muito bem corretivos mais líquidos e cremosos: ideal pro corretivo não sair do lugar, não derreter e nem acumular nas linhas finas. Mas como todo produto seco/em pó, pode deixar mais visíveis as linhas finas em quem tem muitas.

Como tenho vários pós soltos, translúcidos, com cor e etc, esse pó se destaca pra mim por ser bem compacto e com embalagem resistente. Isso o torna um pó útil para se ter na necessaire: não tem perigo de esparramar e é facílimo de retocar.

Além de usar ele pra selar corretivo, também utilizo ele pelo rosto todo quando estou sem muito saco pra aplicar muitos produtos.

  • Não oxida
  • Não altera a textura da base ou corretivo por debaixo
  • Estoura um pouco no flash
  • Funciona com todos os tipos de pele

Nas fotos abaixo, usei o pó para selar a pele toda.

O que eu considero O ponto negativo dele é o preço: R$63. Os produtos da linha da Marina Smith são vendidos com exclusividade na Sephora (e-commerce e lojas físicas).

Por causa do valor, não o considero um produto indispensável… O que não falta é pó mais baratinho com a mesma função!

Para acompanhar as novidades de todo dia, me segue lá no insta! @thaischeiadevicios

 

xoxo

Resenha: Base Fluida Vult

Toque Aveludado e Disfarce Óptico

Essas são as principais promessas da Base Fluida Vult.

https://cheiadevicios.com/2018/09/11/resenha-base-fluida-vult

A base fluida da Vult apareceu pela primeira vez na Beauty Fair do ano passado; não sei porque, a venda dela só começou de fato uns meses atrás. No geral, acho as bases fluidas muito interessantes: elas costumam  ser fáceis de aplicar e com cobertura legal pro dia a dia.

Já fiz resenha da base fluida da Quem Disse, Berenice e da base em gotas da Nyx. Vou deixar aqui em baixo os links!

Base SuperFluida Quem Disse, Berenice:

Base Nyx Total Control:

Vamo lá falar sobre a base da vult?

Começando pelas promessas da marca:

Fórmula ultrafluida que em contato com a pele oferece uma incrível sensação de leveza e toque aveludado. Proporciona um acabamento natural, cobertura leve, uniforme e efeito matte. Contém microesferas que proporcionam o disfarce óptico de linhas finas da pele. Enriquecida com um complexo de extratos naturais, auxilia na prevenção do envelhecimento e na hidratação da pele. Sua embalagem com aplicador em conta-gotas oferece praticidade e precisão, sem desperdícios. Aplique com movimentos ascendentes (de baixo para cima) e de dentro para fora, por todo o rosto. Para deixar sua pele com aparência aveludada e natural experimente a aplicação da Base Fluida com o nosso Pincel Duo Fiber #11. Em seguida finalize com o Pó Compacto Vult. Agite antes de usar.

Embalagem e Variedade de Cores:

A base fluida da Vult vem em uma embalagem com conta gotas e 20ml de produto. A embalagem é toda preta e não há nenhuma indicação da cor no rótulo. Não gosto quando as marcas fazem assim, pois torna mais fácil a gente pegar o número errado na prateleira e com certeza dificulta a vida de quem trabalha maquiando e tem a base em várias cores diferentes. Como a base é realmente muito fluida, considero o conta gotas a maneira ideal de dosar a quantidade de produto que você vai usar (evitar desperdício é sempre muito bom).

A Vult oferece 8 cores dessa base fluida. Considerando que a Vult é uma marca grande (que agora faz parte do mega grupo do Boticário), eles podiam demais começar a trabalhar com uma gama maior de tons. A numeração também poderia melhorar: eles designaram números de 01 a 08 pra esse produto, mas a 01 não é a cor mais clara (a mais clara é a cor 02, a que eu comprei). Se eu tivesse comprado a base online, sem dúvidas teria feito uma compra errada. Não sei dizer muito sobre a variação de subtons, porque só vi ao vivo as cores 01 e 02 mesmo.

Aplicação, Textura e Cobertura:

Essa é uma base muito fácil de espalhar. Dependendo do pincel e da quantidade utilizada, é mais difícil dar um acabamento bonito, sem as linhas marcadas do pincel. Ela acumula nas minhas linhas finas, mas nada que umas batidinhas não resolva. Minha forma preferida de espalhar é com os dedos mesmo.

É um produto bem líquido e leve, que possibilita no máximo uma cobertura média. Se você gosta ou sente que precisa de uma maquiagem reboco, provavelmente essa não é uma base que você vai gostar. Pra mim, a cobertura dela é ótima pro dia a dia. Cobre manchinhas, ajuda a uniformizar a pele e dá uma leve camuflada em espinhas inflamadas.

  • Não senti que houve melhora ou piora da minha oleosidade ou da minha acne com o uso dessa base.
  • Não é uma base à prova d’água e não estoura no flash.
  • Agitar a base antes de usar é mega importante pra você conseguir um efeito legal.
  • A base oxida muito levemente depois de seca.

Durabilidade:

Já falei aqui algumas vezes, mas acho importante lembrar: minha pele é ultra oleosa, com poros abertos e regiões com descamação. Uma bagunça só. Quase sempre, uso um pó translúcido pra assentar a base.

Todas as bases que eu já testei – das mais caras às mais baratas – abriram (saíram) em algumas regiões específicas do meu rosto: em cima do nariz (onde o óculos fica apoiado) e dos lados e na ponta do nariz (essa parte da minha pele é extra oleosa e ao mesmo tempo descamada, sem contar que rola muito atrito por causa da minha rinite: tô sempre espirrando e coçando o nariz). Com essa base não foi diferente. Selando com pó ou não, a base saiu nessas áreas.

O aspecto aveludado dura, no máximo, uma hora e pouco na minha pele. Mas a cobertura e a uniformização tem uma duração de umas 5 horas. Se eu estivesse trabalhando fora de casa e usasse essa base no dia a dia, com certeza teria que dar uma ajeitada ali no meio da tarde.

As fotos abaixo são depois de umas 3 horas da aplicação da base (clica em cima pra ver em tamanho maior!)

Preço e Facilidade de Compra:

Bom, os preços dos produtos da Vult são sempre bem confusos. No site oficial da marca (que tem e-commerce), o preço é R$29,90; no site da Maquiadoro é R$35,90; e R$30,18 no site da Época Cosméticos. Tenho quase certeza que paguei no máximo uns R$20 na minha (comprei em um quiosque da Vult). Na minha experiência, R$30 é um valor aceitável pro desempenho dessa base.

Aqui em São Paulo, acho ela com muita facilidade. Não sei se é assim em toda cidade.

Mesmo com minha curiosidade de testar milhões de bases (eu tendo que comprar todas), acho que essa é uma base que eu compraria novamente. Ela e a base da Adversa Makeup são as minhas duas bases preferidas do momento.

(Resenha Base Adversa Makeup: https://cheiadevicios.com/2018/08/17/resenha-base-liquida-matte-adversa-makup/)

Por enquanto, não tenho nenhuma base nova pra testar. Só vou comprar alguma base nova quando as novidades da Beauty Fair começarem a ser vendidas. As próximas resenhas serão de pós e corretivos.

Resenhas de batons, sombras e iluminadores eu costumo fazer só no Instagram! Segue lá pra nunca perder nada! @ThaisCheiaDeVicios.

 

xoxo

Resenha: Fluido Multiprotetor

Fluido Multiprotetor FPS 50 Natura Chronos

Proteção solar é essencial na busca por uma pele bonita e saudável.

https://cheiadevicios.com/2018/09/06/resenha-fluido-multiprotetor

Até hoje. não encontrei um filtro solar que ficasse realmente sequinho na minha pele e funcionasse bem com a maquiagem. Esse fluido da Natura Chronos acabou aparecendo pra mim enquanto eu estava procurando por novas opções de protetor solar e me pareceu interessante por ser um produto com várias funções.

Descrição do site da Natura:

Muito mais que um protetor solar, o Fluido Multiprotetor Chronos FPS 50 é um escudo invisível para sua pele. Além de ser antipoluição e anti-stress, hidrata a pele e ainda previne contra os sinais do envelhecimento.

Benefícios:

 Alta proteção contra raios UVA e UVB – FPS 50.

 Protege contra partículas de poluição.

 Protege contra o stress oxidativo.

 Previne contra os sinais do envelhecimento: reduz 62% da perda de colágeno.

 Neutraliza 91% dos radicais livres.

 Hidrata a pele.

 Perfeito para usar antes da maquiagem: toque ultrasseco e sem resíduos brancos.

Conteúdo: 50ml.

O Fluido Multiprotetor FPS 50 da Natura Chronos promete agir como um escudo facial invisível, protegendo a pele contra raios UV, poluição e stress. Também vem com a promessa de hidratar, prevenir sinais de envelhecimento e deixar a pele com toque seco. Prevenir o envelhecimento tá sendo uma preocupação crescente pra mim, com os trinta anos se aproximando… então eu estava empolgadíssima pra fazer esse produto funcionar.

Comecei a usar em julho – logo no comecinho do mês. De lá pra cá, usei aproximadamente 1/3 do conteúdo da embalagem. Depois de lavar e tonificar a pele (tem post sobre os passos de skincare aqui), eu usava umas 6-8 gotas do fluido multiprotetor da Natura. Minha primeira impressão foi de que, apesar de ser muito líquido, ele é fácil de espalhar e tem um rendimento bem satisfatório. Digo com tranquilidade que senti vários dos benefícios prometidos pela marca.

A hidratação desse fluido é bem superior a muito dos cremes que eu vinha testando ultimamente (por exemplo, o Sérum Hidratante Encanto da Sereia da Ruby Rose). A pele fica macia, viçosa e agradável ao toque, sem aquele aspecto pesado de hidratantes mais potentes. Em relação a toda essa hidratação, eu senti um ponto negativo: minha pele não fica 100% seca; usado sozinho, ele deixa minha pele com aspecto oleoso depois de menos de duas horas. Vale relembrar que minha pele é oleosa ao extremo, então não é nada que me espante. O fluido multiprotetor é indicado pra todos os tipos de pele, mas acredito que vai se dar melhor em peles mistas e secas.

Assim que você espalha o produto, ele desaparece na pele. Não deixa nada de efeito esbranquiçado. Senti que não afetou em nada a aplicação da maquiagem por cima dele. Testei com bases mais leves e mais pesadas e sempre deu certo. Usar antes da make é minha maneira preferida de usar esse fluido, pois aproveito a proteção solar e a hidratação e consigo matificar a pele através da maquiagem.

O maior aspecto positivo, pra mim, foi ter um alto poder hidratante e proteção solar sem ter nada de cheiro. Ponto negativo: como minha pele é ultra oleosa, ele deixa meu rosto um pouco brilhoso demais; além disso, o preço é meio alto – R$73,80.

Considero que o Fluido Multiprotetor FPS 50 Natura Chronos tem um bom custo benefício. O valor é um pouco alto, mas cumpre o que promete. Infelizmente, produtos com essa capacidade de tratamento não costumam ser baratos mesmo. Minha dica é ficar sempre de olho no site da Natura… as promoções por lá são constantes!

E mais uma dica topíssima: me segue lá no instagram! Todo dia tem conteúdo novo, resenhas, dicas, cupom de desconto e etc! <3

xoxo

Resenha: Base líquida matte HD 24 horas Zanphy

Atéé que enfim tô chegando com uma resenha novíssima!

Hoje vou falar da base líquida matte HD 24 horas da Zanphy. Comprei a minha na loja Maquiadoro por R$25,90 (30ml). Achei ela meio cara (comparada com outras marcas dessas baratex), mas tava bem curiosa pra saber como ficava na pele; vi também que o o preço em várias outras lojas era mais barato, só que nenhuma delas tinha a cor 0.1 Porcelana Clara (a mais clara).

A descrição da marca:

Ideal para o uso diário a Base Líquida Matte HD 24 HORAS – Zanphy promete excelente cobertura e duração de até 24 horas. Textura cremosa, tem secagem rápida, cobertura média e natural, para peles normais a seca dispensa o retoque do pó compacto, pois já oferece um toque aveludado impecável. Versão melhorada da Base Matte HD Zanphy, proporciona efeito high definition. São seis cores para você escolher e não errar no tom, é importante olhar a foto com a aplicação das cores com atenção, pois os nomes podem confundir um pouco.

Bom, começando pela embalagem: funcional, fecha bem e tem uma área transparente que mostra a cor do produto dentro do plástico. Curti. A seguir, o cheiro. A base tem um cheiro forte e iguaaalzinho a hipogloss. Nunca gostei do cheiro de hipogloss, então já me entristeci aí.

 

A textura é cremosa e bem densa, parecida com as de outras bases matte de alta cobertura (como a da Tracta e a da Ruby Rose). Mesmo com o nome “porcelana clara”, achei a cor da base muito escura. De cara, percebi que não ia dar certo. E ela oxida MUITO! Depois de seca, ela fica muito mais escura e amarelada.

 

É uma base de toque seco, acabamento matte e alta cobertura. Não sinto necessidade nenhuma de selar a pele com pó. Não é uma base difícil de espalhar, mas por ser muito seca, requer um cuidado pra não deixar a pele marcada ou com linhas finas realçadas. A secagem dela é muito rápida. Como já disse, ela oxida, então a medida que vai secando, o rosto muda totalmente de cor.

Mesmo tendo comprado a cor mais clara, não rolou pra mim. Pra conseguir usar, misturo com o corretivo branco da Bruna Tavares. A make das fotos a seguir foi feita exatamente com essa mistura. As sombras usada nesse look são da paleta Be Fantasy, da Ruby Rose.

 

A durabilidade passa longe das 24 horas descritas pela Zanphy. No máximo 3-4h depois da aplicação, a base começa a sair sozinha. Qualquer suor, líquido ou água mancha total a pele e tira a base. Não aconselho jamais a usar em dias quentes. As fotos abaixo foram tiradas depois de cinco horas usando a base em casa. (Fotos feitas à noite, por isso a qualidade ruim).

 

Da época da minha compra pra cá, a Zanphy relançou as bases, com uma embalagem nova e umas mudanças nos tons. Agora, existe um tom abaixo da 0.1 e são oito cores no total. Não tenho nenhuma vontade de testar os tons novos. Mesmo que a 00 seja mais clara do que a base que eu tenho, tenho a sensação que continua sendo escura. Também não curti o fato de ela manchar muito fácil. Ando de ônibus, metrô e a pé… não dá pra ficar usando uma base que mancha com o menor sinal de suor (e duvido que isso tenha mudado também).

Enfim, não acho a base líquida matte HD da Zanphy um bom investimento de forma nenhuma. Vou usar a que eu comprei pra treinar maquiagem e etc, só pra não perder o dinheiro.

Ah, e pra quem quiser saber, segue a composição:

Cetearyl Alcohol, 2-Bromo-2-Nitropropano-1 3-Diol, Stearic Acid, BHT, Cellulose Gum, Lanolin, Glyceryl Stearate, Propylparaben, Propylene Glycol, Polybutene, Paraffinum Liquidum, Magnesium, Aluminum Silicate, Methylisothiazolinone, Aqua, Aminomethyl Propanol, Dmdm Hydantoin, Manihot Utilissima Starch, Hdi/Trimethylol Hexyllactone Crosspolymer, Sílica, Dimethicone, Cyclopentasiloxane, Parfum, Linalool. Pode Conter: CI 77491, CI 77492, CI 77499, CI 77891.

Por hoje, é só! Se alguém tiver testado a base nova da Zanphy, me conta sobreee!

xoxo